Cãozinho cego fica em êxtase após cirurgia para restaurar a visão!

O dom da visão é uma dádiva que muitos têm.

Por exemplo, como você descreveria a cor vermelha para alguém que não pode ver? Como você descreveria as flores, o céu ou o oceano?

No entanto, há alguma esperança. Algumas pessoas que sofrem de cegueira podem recuperar a visão, se estiverem qualificadas para cirurgia ocular.

Melhor ainda, não são apenas as pessoas que conseguem recuperar a visão… Os animais também podem… Ótima notícia, não é?

Um sortudo cãozinho teve a experiência de recuperar a visão, e sua reação emocionante diz tudo!

Quando Duffy, um cãozinho resgatado de 8 anos de idade, teve diabetes, o pobrezinho, rapidamente, passou de ser capaz de enxergar claramente até a cegueira total.

Seus donos ficaram arrasados ​​ao ver seu companheiro sofrer. No entanto, os veterinários conseguiram manter a condição sob controle, através de uma tentativa: a cirurgia para restaurar a visão do cão. Os primeiros momentos depois que ele tira suas ataduras são algo que Duffy e seus donos nunca vão esquecer. 

A “Dog Time” relata que um dos primeiros sinais da diabetes de Duffy foi quando ele começou a urinar na casa. Testes de açúcar no sangue confirmaram e a cegueira atingiu rapidamente. 

75% dos cães diabéticos ficam cegos devido à catarata , uma condição que progride rapidamente e tipicamente causa cegueira dentro de um ano após o diagnóstico. E foi o que aconteceu com Duffy, que em questãode três a cinco meses ele estava completamente cego.

Seu diabetes estabilizou-se com a ajuda de medicação, mas Duffy não era o mesmo sem sua visão. Eu só posso imaginar como ele deve ter se sentido, de ser capaz de ver sua amada família um dia a não ser capaz de ver nada, muito menos de seus rostos.

A família de Duffy não não ia desistir do adorável terrier. Seu tratamento e cirurgia foram realizados no Centro de Referência Veterinária em Malvern, Pensilvânia.

Os veterinários o colocaram sob medicação para controlar sua condição e acompanhar seus níveis de açúcar no sangue. Assim que os números estivessem estáveis, Duffy poderia passar por uma cirurgia.

A cirurgia custou US $ 5.000, mas para os donos de Duffy, o custo não foi nem um fator. Eles só queriam que seu cachorro vivesse uma vida feliz. A julgar pela reação do cão, foi missão cumprida após a cirurgia.

Duffy ficou emocionado por poder ver seus donos novamente, e sua cauda estava constantemente abanando. Para realmente apreciar esta história, você tem que ver o vídeo:

Enquanto a cauda de Duffy se ergue a mil e seiscentos quilômetros por hora, é possível ver como ele está realmente feliz e animado por ver sua família novamente pela primeira vez em meses.

Na verdade, ele está tão animado que até começa a dar uns gritos estridentes, sua maneira de mostrar lágrimas de alegria. É verdadeiramente reconfortante e tocante de ver.

Dr. Kevin Kumrow era o veterinário que regulava o diabetes de Duffy e, uma vez que ele estava estável para a cirurgia, o Dr. Brady Beale o operava.

Juntos, os dois médicos deram a este cão outra chance de viver uma vida feliz e realizada, e isso não poderia ter acontecido com um filhote mais merecedor.

O vídeo publicado no YouTube, pelos donos de Duffy, rapidamente se tornou viral e acumulou mais de 11 milhões de visualizações em pouco mais de um mês. Parece que todo mundo está feliz que Duffy possa ver de novo. É tão incrível que a visão de Duffy possa ser restaurada.

Que notícia boa saber que Duffy está enxergando e continua cada vez mais feliz com seus amados donos…

Traduzido e adaptado por: Eu amo os animais

Fonte: theanimalsrescuesite

Ela perdeu os olhos pela negligência de seus donos, mas ganhou os corações de milhares de pessoas

Felizmente, existem anjos na terra que não poupam em provar que o amor é capaz de fazer milagres, ajudando os mais inocentes a superar a adversidade e conhecer a felicidade.

Puddin é uma cadelinha adorável que teve um começo muito triste na vida. Quando ela tinha apenas cinco meses de idade, foi resgatada por seus antigos donos no Texas, EUA. No entanto, por negligência dos mesmos donos que a resgataram, seis semanas depois, ela foi atacada por uma infecção no olho que acabou com sua visão.

Infelizmente, ainda pequenina, ela perdeu os olhos.

Ao chegar na Associação de Prevenção da Crueldade Animal (SPCA), a pobrezinha estava completamente cega. Foi necessário remover os olhos e costurar as órbitas oculares.

Cory Gonzales, sua nova proprietária, uma estudante de Lubbock, Texas, 22 anos, disse que quando ela a recebeu, ficou triste porque os antigos donos se recusaram a dar a pequenina, mesmo sem cuidar dela.

A sociedade de bem-estar animal precisou levar o caso ao tribunal, o que trouxe mais tempo do que esperavam e, quando eles conseguiram ganhar a causa, os olhos de Puddin já estavam completamente destruídos.

A SPCA encontrou Puddin com uma infecção ocular muito séria , levou-a a um especialista e relatou que, devido aos danos causados ​​pela infecção, ela ficaria cega.

Um estudo mais profundo de seus olhos revelou que ela sentia muita dor.

Apesar da falta de visão de Puddin, ele tem uma alegria contagiante. Seu entusiasmo pela vida é maravilhoso. Na verdade, esta pequena tocou os corações de milhares de usuários das redes sociais.

Para melhorar sua qualidade de vida, eles tiraram os olhos.

Desde que Cory adotou Puddin, há três meses, ele criou uma conta no Instagram, onde documenta as aventuras de seu animal de estimação em particular.

E com mais de oito mil seguidores, causou um rebuliço nas redes.

Os fãs de Puddin estão encantados em ver como ela aprende novos truques. Eles são testemunhas da alegria e do desejo de viver que a acompanham a cada um dos seus dias.

Cory descreve ela como “uma garota corajosa”. Ela tira longos cochilos, gosta de brincar com as pernas e gosta do mimo do pai.

“Quando vi o Puddin online imediatamente me apaixonei por ela. No dia seguinte a conheci, voltei e a adotei. Eu acho que nós dois somos abençoados por nos conhecermos” .

Ela tem cinco meses agora e é um exemplo de amor e alegria. A maneira como ele se adaptou à sua nova vida é incrível.

“Ela até sabe como evitar as coisas. É realmente incrível vê-la”.

A falta de visão não a limitou a ser feliz, ela aprendeu a usar seu olfato para correr, encontrar seus brinquedos e se divertir.

Para Cory, é uma benção tê-la como animal de estimação e apreciá-la todos os dias.

Traduzido e adaptado por: Eu amo os animais

Fonte: Zoorprendente