Mulher joga sete filhotinhos vivos em lixeira

As autoridades da Califórnia, Estados Unidos, prenderam uma mulher que foi capturada pelas câmeras de segurança cometendo um ato de crueldade. Ela jogou 7 filhotes vivos, dentro de uma sacola plástica, em uma lixeira.

O Serviço Animal do Condado de Riverside compartilhou as imagens em sua conta do Facebook e explicou que a mulher saiu de um jipe ​​com um saco plástico nas mãos. E ela jogou os pequenos animais em uma lixeira. A mulher, identificada como Deborah Culwell, foi presa em sua casa em Coachella. Ela irá enfrentar acusações de crueldade contra animais.

Uma hora depois, os 7 filhotes foram resgatados, graças a um vizinho chamado John que vasculhou o lixo e um funcionário local do NAPA se comunicou com os serviços de animais. Os filhotinhos tinham cerca de três dias e acredita-se que sejam mestiços, disse o serviço de animais.

“Se não fosse pela ação de um bom samaritano, é possível que os filhotes não teriam sobrevivido por muito tempo”, disseram eles em uma declaração do Animal Service. E acrescentaram: “As temperaturas do meio-dia no Coachella na quinta-feira estavam na faixa de 32° C.”

Um grupo de veterinários da “MeoowzResQ”, uma organização que resgata gatos de rua, rapidamente entrou em contato, se comprometendo a ajudar a criar os pequeninos para uma família.

“Não há desculpa para jogar um inocente em uma lixeira. Especialmente hoje, quando nós ou outros abrigos estamos dispostos a levar esses animais para famílias adotivas ou parceiros de resgate. Este foi um ato vergonhoso”, disse Mayer. 

Esperamos que essa mulher sem coração receba a punição que merece e que os pequeninos sejam muito bem tratados e que consigam um lar amoroso e cheio de cuidados…

Traduzido e adaptado por: Eu amo os animais

Fonte: Clarin

Leave your vote

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *