“A menor vaca do mundo” é do tamanho de um gato doméstico – e é uma gracinha

Quando pensamos em vacas, provavelmente lembramos de uma fazenda. Eu imagino aquelas vacas pesadas, pastando ou tomando sol. O que você imagina?

O mais engraçado é que as vacas são parecidas com os cães em alguns aspectos. Elas adoram receber atenção e têm sua própria personalidade. Você sabia que uma vaca pode ficar muito feliz com a sua chegada em casa, igualzinho á um cachorro?

No que diz respeito a amar, Lil’ Bill não é uma exceção. Você não vai ver outra vaquinha igual a esta.

Ela tem um nome que a retrata perfeitamente. Ela não tem nada de grande. Na verdade, trata-se da menor vaca que habita o planeta Terra!

Fotos de Lil’ Bill foram publicadas na internet e estão sendo compartilhadas por muita gente. Não é surpresa que as pessoas estejam se apaixonando por esse bichinho. A balança mal marca seu peso, que é semelhante à média de um gato doméstico.

Os donos só queriam o bem da vaquinha. Porque o seu tamanho era um tanto quanto preocupante. A vaca foi levada à Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Mississipi, nos Estados Unidos. E ao sair o resultado dos exames, a notícia era de que ela estava muito bem.

Só é pequena demais. A vaca não tem nenhum problema de saúde e seus donos não precisam se preocupar.

Lil’ Bill está ganhando fãs em todos os lugares. Parece que ninguém consegue resistir a esse bichinho tão pequeno.

Ainda não se sabe o motivo pelo qual Lil’ Bill nasceu desse tamanho, mas as pesquisas continuarão tentando encontrar uma resposta.

O que menos importa é o seu tamanho, o certo é que esta vaca é muito amada. E no final de tudo isso, o que mais importa é saber amar.

Você já ouviu falar de outro bichinho cujo tamanho seja bem diferente em comparação com as medidas normais? Conte para a gente nos comentários e não deixe de repassar esta história para seus amigos e familiares. Mostre a eles toda a fofura de Lil’ Bill!

Adaptado por Eu Amo os Animais

Cachorrinho persegue dono desesperadamente após ser abandonado no acostamento

É um triste, porém verdadeiro, fato que todos os anos, mais de 5 milhões de cães e gatos vão parar em um abrigo depois de serem abandonado por seus donos, ou pegos como animais vadios pelo controle animal local.

Independente se os donos estejam abandonando seus bichinhos por problemas de comportamento, trabalho, ou problemas familiares; os animais que já estão acostumados com o convívio em uma sociedade humana vão passar muito tempo tendo a esperança de que um dia serão adotados por uma família.

Este vídeo gravado por Stephen Sage Miller, na Califórnia, prova que talvez esses cães e gatos têm sorte — pelo menos seus donos não os abandonaram em uma estrada para que eles lutassem sozinhos na busca de alimento, água e abrigo.

Mesmo não ouvindo nada do que o dono e o cachorrinho conversavam, o vídeo que Miller fez já diz tudo. Em uma tranquila estrada, um carro preto estaciona e um homem alto desce, interagindo com um contente cãozinho.

O bichinho parece estar muito entusiasmado por estar com o seu dono, pois ele pula e abana sua cauda com muita energia, em uma tentativa clara de demonstrar todo o amor que sente por seu humano.

O homem sem coração, não desiste de fazer o que era seu plano desde o ínicio. Ele continua empurrando o cachorro, para que assim, ele talvez pare de demonstrar tanta afeição.

Miller filmou toda a cena, até mesmo o momento que mostra o homem empurrando o cãozinho mais uma vez, dá as costas, e entra no carro.

Conforme o carro começa a se afastar, o confuso cachorrinho continua demonstrando toda a sua lealdade, enquanto caminha ao lado do veículo, acelerando seus passos na tentativa de acompanhar a velocidade do carro até que ele se afaste de vez.

O Daily Mail diz que, graças ao vídeo de Miller a polícia de Kern County, na Califórnia está agora procurando o homem que deixou o pobre cãozinho pelo crime de abandono, e enquanto isso, o lindo cachorrinho procura por um lar no abrigo local.

Você já viu alguém abandonando cachorrinho ou gatinho em uma estrada? Você tomou alguma atitude ou ficou sem reação diante de um ato tão cruel? Conta pra gente nos comentários!

Se você ficou chocado(a) com o sangue frio desse homem, compartilhe com seus amigos e familiares para aumentarmos a conscientização sobre esse terrível crime de abandono.

Adaptado por Eu Amo os Animais

Fonte: A Post

Esta criança ajuda um cervo cego a procurar comida todos os dias antes de ir para a escola

Com tantas más notícias e catástrofes que nos cercam, pode parecer difícil encontrar verdadeiros atos de caridade neste mundo, mas de vez em quando há eventos que nos fazem recuperar nossa fé na humanidade.

Ele era um tipo de garotinho diferente que preferia deixar de lado seus jogos e até seu tempo de descanso, dando tudo para quem mais precisava. Ele fazia aquilo com prazer, não queria nada em troca do animal, e fazia com muita paciência antes de ir estudar.

Era um usuário Reddit, sob o nome de Bluecollarclassicist, que foi contratado para dar a conhecer aos do mundo esta história incrível, porque recentemente um cervo cego tem vivido em um bairro do estado americano de Illinois, onde o usuário mora.

Na natureza, um animal como este não poderia ter sobrevivido, mas porque alguém tem feito algo muito especial para a criatura, ela conseguiu avançar e nosso coração ficou cheio de ternura. Veados cegos não vivem por muito tempo, eles geralmente morrem de fome ou acabam sendo atropelados por veículos.

As estradas são lugares extremamente perigosos para esses animais, especialmente se forem cegos

No entanto, este não foi o caso dos veados sorte que visitaram este bairro famoso, onde cada dia um menino veio para ajudar -lo a encontrar um lugar para pastar e comer, guiando-a com cuidado, de uma calçada para outra.

Felizmente, as notícias sobre esta história maravilhosa voaram e chegaram aos ouvidos de uma organização de resgate local, que agora está cuidando de trazer o cervo para um lugar onde possam viver com segurança e felicidade.

O bairro não era o lugar mais ideal para o animal, mas todos se uniram para ajudá-lo

O trabalho que o garotinho de 10 anos fez com o cervo era para ser admirado, ele nunca tentou adotar o animal selvagem como um animal de estimação, ele nem sequer o nomeou. O Garoto procurou pelo cervo calmamente por todos os dias e também o ajudou a caminhar e procurar pelo o que comer.

O grupo de reabilitação de animais silvestres levou ao veado em um trailer para cavalos, sendo eles a única entidade habilitada legalmente a tratar e dar refúgio ao animal no estado. No momento do resgate, metade do bairro saiu para ver o que estava acontecendo, incluindo o menino e sua mãe.

Felizmente o veado está seguro e pode ter uma vida tranquila com outros animais

Aproveitando o momento, o usuário do Reddit, conversou com outros vizinhos e descobriu mais pessoas que também estavam guiando o animal para se alimentar e impedindo que ele caísse na estrada, por pelo menos uma semana até aquele dia.

A criança foi, de longe, o exemplo mais doce de alguém prestativo e compreensivo entre todas essas pessoas admiráveis ​​da vizinhança. O usuário de Reddit e sua esposa esperam recompensar o ato de gentileza da criança e levá-lo para visitar os cervos na reserva de animais selvagens do estado.

Traduzido e adaptado por Eu amo os Animais

Fonte: Zoorpreendente

O que esse veterinário faz para ajudar um cãozinho ansioso é simplesmente magnífico

Rupert é um lindo dálmata que foi adotado do refúgio “Dogs Trust”. Este cãozinho levou uma vida muito dura e teve sérios problemas para confiar nos seres humanos e em outros cães. Os primeiros anos junto com sua proprietária Sonya Schiff foi bem difícil, ela teve que trabalhar duro para superar os problemas de agressão.

Sonya Schiff e seu pequenino Rupert moram na cidade de Londres.

Sonya decidiu dar-lhe todo o amor do mundo e com o tempo o fofo Rupert começou a confiar nela e em sua família. No entanto, o cãozinho nervoso ainda enfrenta alguns problemas de ansiedade, especialmente se se trata de visitar o veterinário.

“Levou um ano para confiar em mim e depois desenvolveu uma ansiedade de separação toda vez que eu me afastava dele.”

Depois de passar algum tempo juntos, Sonya percebeu que Rupert tinha um problema em uma de suas pernas. Ele mancava o tempo todo e parecia doer muito, então ela decidiu levá-lo ao veterinário. Mike, o veterinário de “Davies Veterinay” estava encarregado de tratar Rupert, mas descobriu que não seria uma tarefa simples devido à enorme desconfiança que o dálmata sentia por qualquer estranho.

“Toda vez que eu tentei examiná-lo, ele rosnava para mim .”

A solução estava mais próxima do que eles pensavam. Como Sonya sabia como Rupert ficava nervoso no meio de estranhos, ela queria levar um traje de rato que o cãozinho usava como cama. Quando Mike percebeu o enorme amor que o cachorro tinha pela fantasia, ele  não pensou duas vezes e vestiu o traje na tentativa de conquistar o amor do pequenino.

Sonya usara recentemente o traje de rato para que Rupert reconhecesse seu cheiro disfarçado.

Foi um verdadeiro sucesso. Rupert não deixava ninguém se aproximar dele, mas como o veterinário cheirava exatamente como seu amado camundongo disfarçado, ele começou a confiar no veterinário imediatamente. Mike foi capaz de realizar vários testes em Rupert e finalmente determinou que o cãozinho deveria passar por uma cirurgia.

Rupert foi diagnosticado com displasia da anca e um problema nos ligamentos.

Meses depois, Mike operou Rupert e não hesitou em usar o enorme traje de rato para realizar os cuidados pós-operatórios. Eles até passearam juntos e ambos usaram um colar para que o cachorrinho bonitinho não se sentisse sozinho.

A operação de Rupert foi bem sucedida e sua qualidade de vida melhorou consideravelmente.

Nós admiramos o enorme coração deste veterinário dedicado, que não desistiu do pequeno Rupert, e ajuda cada animalzinho que chega às suas mãos. É uma sorte que o disfarce deu certo e ele conseguiu tratar e até passear com o peludo ansioso.

Nós convidamos você a compartilhar esta história engraçada. O que você diria se visse um enorme rato passeando com um cachorro?

Traduzido e adaptado por: Eu amo os animais

Fonte: Zoorprendente

Homem que criava casal de leões em casa é atacado e perde a vida

Michal Prasil, de 33 anos, perdeu a vida depois de ser atacado por um dos leões que criava em casa, na República Tcheca. De acordo com informações, o homem criava um casal, um macho de nove anos que o atacou e uma fêmea mais nova.

O pai de Michal foi quem encontrou corpo, relatando que a jaula estava trancada por dentro. Segundo a polícia, eles tiveram que atirar nos leões, pois era a única maneira de resgatar o corpo.

Em 2016 Michal comprou o leão macho e um ano depois, comprou a fêmea pensando na reprodução. Foi o próprio Michal quem construiu as jaulas para os animais.

Michal teve as licenças negadas e já havia sido multado
por criação ilegal de animais, mas como não encontraram lugar para realocar os leões e, sem prova de maus-tratos, a polícia disse que não podia retirar os animais à força.

Michal publicou um vídeo no Facebook, com um dos leões:

cumli cumli

Posted by Michal Prasil on Sunday, 17 February 2019

No verão passado, Michal ganhou as manchetes dos jornais locais, quando um ciclista colidiu com a leoa enquanto ele passeava com ela amarrada a uma corrente.

A polícia interveio, mas o incidente foi considerado um acidente de trânsito.

Nos diga sua opinião sobre o caso e compartilhe com seus amigos e familiares.

Fonte: Massanews

Após denúncias, homem que envenenava cães e gatos, em Fernando de Noronha, é preso

E o indivíduo é agente sanitário e responsável pelo canil público de Noronha.

Na última terça-feira, dia 26/02, a polícia prendeu um homem em flagrante, por assassinar cães e gatos em Fernando de Noronha. A Policia Civil o prendeu após receber duas denúncias de cãezinhos envenenados. O acusado mora na ilha, é agente sanitário e responsável pelo canil público de Noronha.

O delegado Luiz Alberto Braga afirmou que no início, o procedimento será feito pela morte de dois cães, mas de acordo com informações, esse homem já teria assassinado pelo menos 40 animais. Ele trabalhava com o controle de cães e gatos, que eram abandonados. O indivíduo assassinava os pobrezinhos sem autorização, na rua e nas dependências do canil.

De acordo com as investigações da polícia, tudo indica que o indivíduo variava a forma como exterminava os animais domésticos.

“Ele matava com pauladas e também com injeções. Temos testemunhas e também imagens. Na casa do acusado, encontramos ração com veneno (chumbinho). Ele foi preso em flagrante pelos dois crimes do final de semana. Nós estipulamos uma fiança de R$ 10 mil, os familiares do acusado terão até quarta-feira, dia 27/02 para fazer o pagamento para que ele seja liberado”, diz o delegado.

O Doutor Luiz Alberto também informou que, caso paguem a fiança, ele responderá ao processo em liberdade e deve se apresentar quando o juiz solicitar.

Se a fiança não for paga, ele será transferido para o Recife, onde passará por uma audiência de custódia.

A assessoria de imprensa da Administração da Ilha informa que o governo se coloca à disposição da Justiça, já que o canil é de responsabilidade do Estado, e dará qualquer tipo de esclarecimento necessário.

Esperamos que a justiça seja feita e que esse cruel e implacável cidadão seja punido.

Fonte: G1

Qual animal você vê nessa imagem? Teste

Suas habilidades criativas e a versatilidade do seu cérebro serão refletidas através da sua resposta

Qual animal você viu primeiro?

Essa ilustração com mais de 100 anos já ajudou muitos pesquisadores a saber a rapidez com que seu cérebro funciona e qual criatividade você tem.

Isso depende do animal que você vê. Você vê somente um ou mais? Está vendo um pato? Ou seria um coelho? Está vendo os dois? Ou talvez nenhum deles.

A imagem serve para mostrar as indecisões perceptivas, ela se tornou famosa no final do século XIX, quando o psicólogo americano, de origem polaca, Joseph Jastrow, a incluiu em seu livro “Fato e Fable”, publicado em 1990.

Bem antes disso, em 1892, a imagem apareceu como uma vinheta, na revista de humor alemã “Fliegende Blätter” e mais tarde na “Harper’s Weekly”.

Observe bem a imagem:

Se você viu um pato: Você está 100% otimista!

Ao ver pessoas ou objetos perto de você, constantemente encontra o lado bom. Sua personalidade é alegre e sempre mantém o bom humor em qualquer circunstância. Você é muito criativo e tem uma grande imaginação. Nada fará mudar o seu humor, mesmo quando encontrar dificuldades. Você é uma pessoa cheia de alegria e felicidade!

Olhe mais uma vez para a imagem:

Se você viu um coelho: Você é 100% realista!

Você é racional e controlado, mas tem muito carisma. Por ter um raciocínio lógico, você é considerado inteligente, sabendo o que realmente é necessário para você e para as pessoas próximas a você. Toma as decisões rapidamente, consequentemente os resultados também são rápidos. Você é muito confiante e tem senso de responsabilidade.

Observe a imagem de novo:

Viu ambos os animais? Você é 50% otimista e 50% realista!

Você é uma pessoa com pensamento positivo e tem muita energia! É muito sociável, portanto, se dá muito bem com as pessoas. Você encontra soluções realistas para os problemas. Ao começar alguma, você se esforça ao máximo para terminá-lo perfeitamente. Você sempre ouve a opinião das pessoas, mas não demonstra suas emoções, então consegue criar um relacionamento sem conflitos.

Faça o teste e veja em qual das situações você se encaixa…

Fonte: universocetico

Rata gordinha precisou de ajuda, após fica presa em uma tampa de bueiro

Mesmo com muita gente questionando, os especialistas em resgate disseram que todos os animais merecem respeito

Certamente, poucos animais produzem tanto desgosto e rejeição quanto os ratos. Infelizmente, sua reputação de não ser tão elegante quanto dizemos faz as pessoas fugirem aterrorizadas se ele tiver a infelicidade de encontrar com um.

Mas um grupo de bombeiros e uma menina compassiva sabiam que, mesmo sendo um animal rejeitado por muitos, é uma vida.

E eles partiram para salvar uma ratinha gorda que estava em sérios apuros.

Muitos podem pensar que proporcionar o bem-estar de um rato de esgoto não vale o esforço, mas, sem dúvida, significava todo o seu mundo para ela.

No último domingo, essa roedora urbana com alguns quilos a mais, felizmente conheceu pessoas que tinham certeza de que valia a pena salvar sua vida.

A ratinha, que estava fora do peso, tentou sair pelo buraco de uma tampa de esgoto e foi flagrada, desesperada, lutando para se libertar.

Uma pequena garotinha que estava passando pelo local a viu e sua família imediatamente contatou a organização de resgate de animais “Rhein Neckar”, na cidade de Bensheim, Alemanha.

Michael Sehr, um dos voluntários, apareceu imediatamente no local e, quando viu que o resgate era mais complicado do que parecia, ligou para o corpo de bombeiros.

O desespero da ratinha era evidente!

“A rata estava gorda e seus quadris ficaram presos: ela não podia ir para frente ou para trás”, disse Michael Sehr.

Os bombeiros perceberam que não podiam puxá-la porque definitivamente a machucariam, então levantaram a tampa do esgoto para retirá-la do fundo.

Eles nunca desistiram e depois de 25 minutos de resgate, conseguiram soltá-la.

No vídeo, é possível ver o trabalho desses heróis admiráveis. Ainda podemos ter esperança na humanidade!

Foi um doce esforço de trabalho em equipe, onde podemos ver 8 homens compassivos, apenas para salvar a vida de um “rato repugnante“.

A ratinha rechonchuda aprendeu a lição e foi liberada de volta para o esgoto para fazer um pouco mais de exercício para que ela não voltasse a ter problemas.

Mas antes de desaparecer, ela parecia grata aos seus salvadores:

“Ela deu uma breve olhada em nós, como se dissesse: Obrigado e sim, eu sei que preciso começar uma dieta!”, Disse Andreas Steinbach, porta-voz da organização de resgate.

Mas a história não terminou apenas com o agradecimento da rata, mas também da garotinha e sua família, que iniciou este grande resgate, vieram com um desenho para expressar sua gratidão àqueles que ouviram seu chamado.


Michael recebeu um desenho da ratinha rodeada de corações.

No entanto, embora muitos aplaudam o gesto desses homens corajosos, muitos outros criticam que o dinheiro e o esforço são investidos para salvar um animal considerado uma “praga”.

“Mesmo os animais que são odiados por muitos merecem respeito, respondeu Michael Sehr. “Não fazemos qualquer diferença sobre que tipo de animal precisa de ajuda. Estamos no resgate de animais, não no controle de pragas”, disse Andreas.

Parabéns a esses heróis que não têm discriminação e salvam vidas!!!

Traduzido e adaptado por: Eu amo os animais

Fonte: Zoorprendente

Abandonada com problema grave no útero, durante um parto complicado, ela precisava de ajuda urgente

Florença foi encontrada dentro de uma caixa imunda, coberta de fezes

A vida às vezes parece injusta e lhe dá os obstáculos mais difíceis para superar os seres mais indefesos. E, sem dúvida, algumas criaturas tão belas e nobres devem suportar momentos difíceis que fariam o mais forte de todos chorar.

Esta é a história de uma cadelinha, da raça buldogue, que foi abandonado no norte de Londres, em um beco, onde a pobrezinha estava coberta de fezes por toda parte, em uma caixa imunda. O beco ficava em uma área de um parque local, onde seria difícil encontrar a pequenina dentro daquele lugar escuro.

Mas, felizmente, alguém do parque encontrou a cadelinha e imediatamente saiu em busca de ajuda para que a pobre coitada pudesse ser resgatada.No entanto, a sua luta estava apenas começando.

A “RSPCA” respondeu à chamada de resgate, e ninguém podia acreditar no que estava acontecendo naquela caixa imunda.

“Quando eu a peguei pela primeira vez, ela estava coberto da cabeça aos pés com fezes e cheirava muito mal. Não era nem possível saber a cor da cadelinha”, disse Nicola Thomas, oficial do bem-estar animal da “RSPCA”.

A cadelinha era na verdade uma fêmea de buldogue branco, ela tinha cerca de três anos e seu útero estava rompido, o que alarmou as equipes de resgate, forçando-os a levá-la a um hospital veterinário de emergência.

Lá eles perceberam que havia um filhote morto dentro dela, além disso, os veterinários asseguram que a cadelinha foi usado por seus proprietários para reprodução e que, no momento abandono, ela estava em trabalho de parto.

“Abandonar um cachorro por qualquer motivo é de partir o coração, mas pensar que essa garota estava em uma situação tão miserável, passando por isso durante um parto, é realmente trágico”, acrescentou Thomas.

Após a cirurgia de emergência, os médicos conseguiram estabilizar a pequenina, mas seu estado continuava grave, então ela foi medicada para tentar deixar sua situação mais confortável possível no Hospital “Harmsworth Memorial”, perto do local onde ela foi abandonada por seus antigos proprietários.

A “RSPCA” e os funcionários do hospital ficaram tão comovidos com a trágica história, que era impossível não chorar. Eles a batizaram com o bonito nome de Florença. Ela era uma cadelinha muito amigável com todos os humanos que chegavam perto dela, apesar de seu passado ser tão difícil de superar.

Felizmente, o estado emocional da pequena Florença não foi afetado, de modo que o “RSPCA” rapidamente publicou a história dessa mãezinha para as pessoas pudessem conhecer a cadelinha e, sensibilizados, poderiam encontrar uma família para acalmar a dor desta mãe, que foi separada de todos os seus filhos. 

Florença era bem mais forte do que muitos poderiam imaginar.

Esperamos que seus próximos dias sejam repletos de muito amor e que a vida a que ela foi submetida durante anos mude drasticamente. Felizmente, ela está totalmente recuperada e recebeu alta. Que agora encontre uma família que a ame e respeite como ela merece…

Traduzido e adaptado por: Eu amo os animais

Fonte: Zoorprendente